segunda-feira, 20 de outubro de 2008

PMMG agindo errado no clássico

Mais um clássico no mineirão, 53 mil ingressos vendidos, e alguns integrantes da PMMG comete os mesmos erros de sempre.

Na hora de separar as torcidas, usa de violência e ignorância. Não sabe lidar com as pessoas com educação. Parece que escolhem os policiais mais sem educação para fazer o trabalho de "proteção" durante o clássico.

O que mais se escuta é "Isso é para sua proteção", mesmo que eles estejam te jogando gás lacrimogênio porque um idiota resolveu falar que vai dar porrada. Se você está perto, você é baderneiro.

O mais legal, é que você pode fazer um reclamação formal na corregedoria, eles te recebem com o maior prazer, só tem um problema, vários policiais ficam no estádio SEM IDENTIFICAÇÃO!

Tirei algumas fotos desses policiais sem identificação, gostaria de ver a defensoria pública tomando atitudes!










Respeito muito o trabalho da policia, inclusive tenho amigos que são policiais e acho que tem que ser muito corajoso para assumir o papel de defensor de outras pessoas, mas não assumir o que há um descontrole de alguns policiais nesse tipo de situação é tapar o sol com uma peneira. Sei que é difícil conter uma multidão eufórica, mas muita gente paga ingresso, não faz baderna nenhuma e sofre porque a policia não consegue identificar os baderneiros.

Cuido da minha vida, mas não gosto de ver coisa errada acontecendo. Se algum policial tiver argumentos de verdade para justificar essas atitudes, pode falar que eu coloco aqui, mas até agora ninguém falou nada que justificasse.

Até entendo que um cavalo poderia passar meio descontrolado no meio do povo, afinal de contas os cavalos são condicionados a continuar correndo quando começam, mas no vídeo do link que postei acima fica claro que o policial joga o cavalo no meio do povo, ao que me parece com a intenção de revidar uma agressão (verbal ou física) que ele sofreu.

Para constar, fui informado que a identificação não é obrigatória nos casos onde o policial está com coletes especiais ou armaduras da polícia de choque, mas mesmo assim, você pode pedir a identificação do policial e informar ao comando sobre eventuais abusos.

2 comentários:

Alexandre disse...

Na Boa,Cuida Da Sua Vida

André disse...
Este comentário foi removido pelo autor.